Última atualização: 08/12 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 3,294 | EUR 1,00 = R$ 4,8 | US$ 1,00 = R$ 4,28

Abreutur - Guimarães

Guimarães

A história de Guimarães se liga a dois nascimentos, designadamente o de D. Afonso Henriques e o de Portugal, sendo a cidade conhecida por “Berço da Nação Portuguesa”.
Guimarães está inevitavelmente ligada à história de Portugal pois se acredita que terá sido o local onde nasceu, no ano de 1111, aquele que se tornaria o primeiro Rei de Portugal: D. Afonso Henriques.
Em 1128, acontece junto ao Castelo de Guimarães, a Batalha de S. Mamede cuja vitória de D. Afonso Henriques marca as fundações da nação Portuguesa.
Antiga, tradicional e encantadora, Guimarães é uma cidade com um centro histórico classificado como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e um Castelo que guarda a história de um país.
Atualmente, Guimarães possui uma excelente dinâmica cultural, uma gastronomia maravilhosa e um interessante patrimônio, continuando a ser uma das mais importantes cidades portuguesas.
Guimarães é uma cidade encantadora que combina uma aura medieval com o modernismo de uma cidade orgulhosa de sua história.
 

Guimarães, cidade antiga e histórica, possui um preservado Centro Histórico reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade.
Visite o Largo do Toural, considerado o coração da cidade, e o Largo da Oliveira que está rodeado por um conjunto de patrimônio valioso, como as "casas alpendradas" do século XVII, o Padrão do Salado de caraterísticas góticas e a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, um antigo mosteiro fundado por D. Afonso Henriques.
Instalado nas salas vizinhas da Nossa Senhora das Oliveiras, se encontra o Museu Alberto Sampaio que exibe arte religiosa, contando ainda no seu espólio com a túnica usada por D. João I na Batalha de Aljubarrota e o retábulo de prata tomado ao derrotado rei espanhol.
Passeie pela Rua de Santa Catarina, uma artéria de caraterísticas medievais. Contemple a beleza do jardim do Carmo antes de conhecer o Paço dos Duques, uma construção do século XV que conta com um pequeno museu no qual são exibidas tapeçarias e pinturas.
Uma estátua que presta homenagem a D. Afonso Henriques, o primeiro rei de Portugal, antecede o Castelo situado na zona mais alta da cidade.
Datado do século X, o Castelo é um dos maiores monumentos e símbolos do país por toda a sua conotação histórica. Na pequena Igreja de São Miguel, na zona ocidental do Castelo, se encontra a Pia onde se diz ter sido batizado D. Afonso Henriques.
Usando o teleférico, poderá aceder ao Monte de Santa Catarina/ Monte da Penha, o ponto mais elevado da área urbana de Guimarães, onde se localiza o Santuário da Penha, um monumento de singular beleza e valor arquitetônico e religioso. Impossível não ficar extasiado com as deslumbrantes vistas que este lugar proporciona.

Cidade de história, Guimarães possui uma vasta e interessante oferta gastronômica.
A conhecida “cozinha de solar” é responsável pelos afamados pratos da gastronomia portuguesa, como a lampreia, o bacalhau, os rojões ou a cabidela.
Em Guimarães é famoso o Bacalhau à Mumadona, o feijão de Chispe na Adega dos Caquinhos e a Massa à Lavrador com Filetes de Polvo no restaurante Batista.
Saboreie também os doces mais típicos como as Rabanadas Vimaranenses, o Pão-de-Ló do Convento de Santa Rosa, as Tortas de Guimarães, o Arroz Doce do Abade, a Aletria Doce e o Toucinho do Céu.
O Vinho Verde desempenha um importante papel no acompanhamento dos pratos típicos de Guimarães. O branco é um excelente acompanhante dos pratos de peixe grelhado, marisco e carnes brancas. Os tintos são mais indicados para os sarrabulhos, cabidelas e pratos consistentes de bacalhau. Pode selecionar vinhos da Casa de Sezim, Casa de Cerdeiro e Quinta da Rabiana.

O Castelo de Guimarães foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.
A Batalha de S. Mamede, decisiva para a fundação da Nação Portuguesa, opôs as hostes de D. Afonso Henriques às de sua mãe, D. Teresa.
D. Afonso Henriques se proclamou Rei de Portugal em 1139 e foi reconhecido pelo Papa Alexandre III apenas em 1179.
O centro histórico de Guimarães é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade.
Os habitantes de Guimarães são chamados de Vimaranenses.
O Parque da Penha se ergue acima dos 500 m e integra a Reserva Ecológica Nacional.
As Festas Gualterianas são celebradas em agosto e duram três dias.
A Cidade de Guimarães é Membro-Honorário da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.
No Estado Brasileiro do Maranhão existe um município com o nome de Guimarães.

Pacotes

Escapada de Porto, Braga e Guimarães

Aqui Nasceu Portugal

Hotelaria selecionada

Santa Luzia Arthotel

Hotel da Oliveira

Pousada de Guimarães

Conheça os destinos