Última atualização: 07/06 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 3,902 | EUR 1,00 = R$ 5,78 | US$ 1,00 = R$ 5,12

Abreutur - Braga

Braga

Braga é uma das cidades mais antigas e belas da Europa, reconhecida pela beleza arquitetônica das suas igrejas, pelas magníficas casas do século XVIII e pelos seus esplêndidos jardins.
Considerada a capital eclesiástica de Portugal e também conhecida como “Cidade dos Arcebispos”, Braga encanta pelas suas festividades religiosas, sobretudo as da Semana Santa que é caraterizada por manifestações culturais e celebrações religiosas, com procissões solenes que percorrem a cidade.
Fundada pelos romanos em 16 a. C. com o nome de Bracara Augusta, a Sé e o Bom Jesus do Monte são exemplares do patrimônio arquitetônico e religioso de uma cidade repleta de igrejas.
Situada em pleno coração do verdejante Minho, rodeada por bosques e montanhas, a cidade de Braga oferece uma vasta oferta cultural e o seu centro histórico está repleto de boutiques e cafés.
Braga é também um representante perfeito da excelência da gastronomia portuguesa, exaltando de forma particular os sabores do Minho e tendo como prato de referência o Bacalhau à Narcisa.
Apesar de antiga, Braga não parou no tempo se assumindo como uma moderna cidade que preserva suas raízes culturais, sua herança religiosa, sua longa história, sua riquíssima arquitetura e seu caráter acolhedor.

Braga é uma cidade encantadora, reconhecida pela sua história e que preserva uma rica herança religiosa.
Bom Jesus do Monte é o nome do mais espetacular santuário de Portugal, erguido numa encosta de arvoredo. O monumento é composto por uma íngreme Via-Sacra com capelas que representam os eventos que levaram à crucificação de Jesus Cristo e três escadórios: o "Escadório do Pórtico", o "Escadório dos Cinco Sentidos" e o "Escadório das Três Virtudes". No alto, a magnífica igreja é precedida por um ajardinado largo. Passeie pelos jardins e encontre, entre os arvoredos, um lago com barcos e fique impressionado com a Natureza circundante, as fontes e com as interessantes referências religiosas.
Para se dirigir ao Santuário pode utilizar três vias: a estrada, o escadório e o funicular (elevador).
Visite o Mosteiro de Tibães, um monumento fundado no século XI, Casa-Mãe dos beneditinos, que representa a rica história religiosa e arquitetônica de Portugal. Na área que envolve o Mosteiro descubra a arquitetura, as ruínas dos edifícios anteriores e jardins maravilhosos.
No Centro Histórico de Braga visite a magnífica Sé, Catedral de Braga, que exibe uma diversidade de estilos arquitetônicos, desde o romântico ao barroco.
O Tesouro-Museu de Arte Sacra localizado nas dependências da catedral, exibe um espólio de peças religiosas raras e valiosas, entre as quais a cruz da primeira missa no Brasil.
Nas imediações da Sé se encontram outros pontos de interesse como o colorido Jardim de Santa Bárbara, junto ao Antigo Paço Episcopal. Ao seu lado se localiza a Torre de Menagem considerada Monumento Nacional desde 1910. Aproveite para admirar a Basílica dos Congregados, uma das mais interessantes obras de Braga.
Visite o Museu Etnográfico e Artístico no Palácio dos Biscainhos, um luxuoso espaço construído no século XVI.  

Braga revela a tradicional e inigualável cozinha minhota de sabores intensos e variados, evidenciando a qualidade dos produtos e a mestria de quem os confeciona.
O Bacalhau à Braga, com cebolada e batata frita às rodelas, nasceu no restaurante Narcisa e é o mais famoso e típico prato da gastronomia bracarense.
Na casa Frigideiras do Cantinho, fundada no ano de 1796, se confecionam uns folhados de carne típicos da cidade: as Frigideiras de Braga.
A broa de milho é a companhia perfeita do Caldo Verde e o famoso vinho verde da região, branco ou tinto, combina lindamente com os pratos da gastronomia local.
Da ementa tradicional bracarense fazem ainda parte as Papas de Sarrabulho, os Rojões à Minhota, a Vitela e o Cabrito Assados à Moda de Braga, o Arroz “Pica no Chão”, o Arroz de Pato à Moda de Braga e o Bacalhau com Broa.
A doçaria de Braga é riquíssima e variada sendo bem famoso e recriado em todo o país o Pudim Abade de Priscos. Os Fidalguinhos, as Pederneiras, as Paciências, as Fatias Doces, os Sameirinhos, os Charutos de Chila, os Moletinhos do dia de S. Vicente, o Doce Branco, as Talassas, as Viúvas de Braga e as Rabanadas são exemplos de outros  maravilhosos doces que figuram na gastronomia típica de Braga.

Braga é também conhecida por "Roma Portuguesa", "Cidade Barroca", "Cidade Romana", "Cidade dos Arcebispos", "Capital do Minho" e "Coração do Minho".
Em Portugal é comum ser usada a expressão “Velho como a Sé de Braga” que significa “muito velho”, pois a História confirma a existência da Sé desde o ano 400.
Braga é palco de festividades de referência, tais como as celebrações da Semana Santa, as Festas Sanjoaninas e a recriação histórica da Braga Romana.
No Bom Jesus, desde o pórtico até ao adro, são contabilizados 573 degraus.
"Frigideiras do Cantinho", com fundação assinalada em 1796, é o estabelecimento de restauração mais antigo da cidade, criado para a confeção e comercialização das famosas “Frigideiras”.
O estádio de futebol do SC Braga é uma obra sublime do arquiteto Souto Moura, vencedor do Prêmio Pritzker 2011, que lhe foi entregue por Barack Obama.
O Tesouro Museu de Arte Sacra guarda a cruz da primeira missa no Brasil, relatada na Carta de Pero Vaz de Caminha a el-rei dom Manuel sobre o Achamento do Brasil.
D. Pedro II visitou Braga por altura da sua ida a Portugal na comemoração dos 50 anos de Independência do Brasil.

Pacotes

Escapada de Porto, Braga e Guimarães

Hotelaria selecionada

Hotel Bracara Augusta

Burgus Tribute & Design

Villa Garden Braga

Vila Galé Collection Braga

Conheça os destinos