Última atualização: 27/09 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 4,382 | EUR 1,00 = R$ 6,65 | US$ 1,00 = R$ 5,72

Abreutur - Beja

Beja

Situada no Baixo Alentejo, Beja é uma cidade antiga plena de monumentos e belas paisagens.
A dimensão histórica de Beja promove uma viagem no tempo, nos levando à época em que o Imperador romano Júlio César a batizou de Pax Julia. Do período de ocupação romana não permanece a designação do local, mas resistem várias histórias e monumentos como a antiga villa romana, nas ruínas de Pisões.
A viagem ao passado de Beja passa obrigatoriamente pela ocupação dos Mouros, que deram à cidade o seu nome atual e a “despertaram” culturalmente. 
Beja foi reconquistada no século XIII, mas até hoje as ruas estreitas e as casas brancas com azulejos decorativos demonstram a longa ocupação árabe.
Com um valioso patrimônio religioso e bonitas paisagens naturais, Beja se destaca também por ser local onde nasceu a tradição dos doces conventuais portugueses.
As deslumbrantes searas de trigo e os olivais revelam a beleza mais pura de Beja e convidam a momentos de contemplação e tranquilidade.

Entre a calmaria das planícies e a história preservada da cidade, Beja promete ser uma agradável surpresa.
Vestígios da ocupação romana podem ser admirados nas Ruínas de Pisões, um sítio arqueológico situado na Herdade da Almagrassa, a poucos quilómetros da cidade de Beja.
O Castelo de Beja, modificado e ampliado ao longo dos tempos, integra-se a Torre de Menagem, uma obra de 36 metros de altura, mandada construir por D. Dinis depois da reconquista portuguesa aos Mouros.
Em Beja está localizado o museu mais antigo do país, o Museu Regional de Beja, que ocupa o edifício do antigo Convento de Nossa Senhora da Conceição, que funde os estilos Gótico, Manuelino e Barroco. No convento viveu Mariana Alcoforado, uma freira que se apaixonou por um oficial de cavalaria francesa, o Conde Chamilly. A Mariana Alcoforado se atribui a autoria das muito célebres Lettres Portugaises, uma referência na literatura internacional.
Não perca a oportunidade de ouvir o famoso Cante Alentejano, patrimônio cultural revelador da essência do povo do Alentejo.
Contemple as mais belas paisagens com um passeio de barco pelo rio Guadiana.
 

Os ricos produtos de Beja como o azeite, o queijo, os enchidos e o mel, se complementam com o saber e as mãos hábeis que confecionam os pratos mais típicos, dando origem a uma gastronomia de excelência.
Comprovam a riqueza e a variedade gastronômica da região pratos como a Sopa de Cação, o famoso Gaspacho (sopa servida fria), a Sopa de Beldroegas, o Ensopado à Pastora, o Lombo de Porco com Amêijoas, as Migas à Alentejana, a Açorda, o Fígado de Porco de Coentrada e o Cozido de Grão com Vagens à Alentejana.
A doçaria conventual portuguesa teve origem em Beja, merecendo destaque o Pão de Rala, os Pastéis de Toucinho, o Bolo de Bom Gosto do Convento da Esperança e os Geladinhos do Convento da Conceição. Outros doces compõem a gastronomia de Beja, designadamente os Tosquiados, os Queijinhos de Hóstia, as Queijadas de requeijão e o Bolo Príncipe.
Os bons vinhos de Beja são provenientes de uma longa lista de produtores como a Herdade do Vau, Herdade da Malhadinha Nova ou a Casa de Santa Vitória.

Com uma área de 10 225 km², Beja é o maior distrito português.
A Ovibeja é uma feira realizada no mês de março e demonstra a produção agrícola da região, a sua cultura e etnografia.
O local onde se localiza o Museu Regional de Beja foi outrora o Convento da Conceição de Beja, onde viveu a Soror Mariana Alcoforado, a quem se atribui a autoria das muito célebres Lettres Portugaises, cinco cartas de amor dedicadas ao cavaleiro francês Noël Bouton.
Os deliciosos doces conventuais portugueses têm a sua origem em Beja, a história conta que as freiras usavam o excedente de ovos das galinhas criadas nos conventos para fazer doces e bolos simples.

Pacotes

Lisboa e as Planícies Alentejanas

Hotelaria selecionada

Pousada Convento de Beja

Conheça os destinos