Última atualização: 07/06 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 3,902 | EUR 1,00 = R$ 5,78 | US$ 1,00 = R$ 5,12

Abreutur - Elvas

Elvas

Elvas é uma histórica cidade fronteiriça do Alentejo distinguida como Patrimônio da Humanidade da UNESCO.
A distinção inclui todo o centro histórico, as muralhas abaluartadas do século XVII, o Forte de Santa Luzia, o Forte da Graça, o Aqueduto da Amoreira e os três fortins: de São Pedro, de São Mamede e de São Domingos ou da Piedade.
Elvas possui também um significativo patrimônio religioso, como a Igreja de Nossa Senhora da Assunção e a Igreja de Nossa Senhora dos Aflitos, cuja forma octogonal se deve a uma anterior igreja dos Templários.
Congregando muralhas de diversas épocas, desde romanas a islâmicas, de medievais a setecentistas, Elvas inclui na sua traça algumas caraterísticas arquitetônicas que recordam um passado de ocupação Moura.
Entre as históricas Fortificações, as muralhas em forma de estrela e o magnífico Aqueduto da Amoreira, Elvas se distingue pela sua importante história, pelo seu valioso patrimônio monumental e por ser um símbolo da identidade alentejana.
 

Outrora cenário de grandes disputas, Elvas é hoje um destino de tranquilidade com um patrimônio riquíssimo que vale a pena conhecer.
Visite o Forte da Graça, considerado o melhor exemplar da arquitetura militar, o Forte de Santa Luzia e os três fortins do séc. XIX – São Mamede, São Pedro e São Domingos.
Catedral de Elvas até 1882, a Igreja da Nossa Senhora da Assunção é da autoria de Francisco de Arruda, que também desenhou o impressionante Aqueduto da Amoreira, o cartão-postal da cidade e uma obra admirável que deve conhecer.
O Aqueduto da Amoreira é uma construção impressionante com cerca de 8 quilómetros de extensão e torres que se elevam a 31 metros de altura, sendo considerado o maior aqueduto da Península Ibérica.
O Castelo, de origem romano-mourisca, possui uma grande torre edificada em 1488 e permite contemplar uma bela vista sobre a cidade.
O Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE), instalado no antigo Hospital da Misericórdia de Elvas, acolhe, em depósito, a coleção de Arte Contemporânea portuguesa do Dr. António Cachola. Outros interessantes museus são o Museu Militar de Elvas, o Museu Municipal da Fotografia João Carpinteiro, o Museu de Arte Sacra e Casa do Cabido.

A gastronomia de Elvas expressa da melhor forma os sabores da cozinha típica do Alentejo e oferece deliciosas receitas de pratos fortes, de intenso paladar.
Aprecie os petiscos e vinhos de uma região de sabores deliciosos, selecionados e maravilhosamente combinados.
A Cataplana, a célebre Açorda, a Carne de Porco à Alentejana, as Migas com Entrecosto e o Bacalhau Dourado são pratos com tradição na cozinha de Elvas.
O doce mais típico de Elvas é a Sericaia, uma famosa receita do Alentejo à base de ovos, leite e açúcar. Acompanhe a Sericaia com umas deliciosas ameixas de Elvas. Outras sobremesas com tradição local são as Azevias, os Nogados e o Bolo das Visitas.
A curta viagem pela gastronomia típica de Elvas termina com a sugestão de um dos vinhos de melhor qualidade: um vinho da Quinta da Terrugem, situada na freguesia da Terrugem, no concelho de Elvas, em plena região demarcada de Borba.
 

Elvas esteve sob domínio mouro durante 500 anos.
A cidade de Elvas pertence ao Distrito de Portalegre.
O Aqueduto da Amoreira é uma obra do arquiteto Francisco de Arruda, responsável pelo traçado da Torre de Belém.
Elvas foi construída para servir de posto fronteiriço nas guerras do passado entre Portugal e Espanha.
Elvas guarda o maior conjunto de fortificações abaluartadas do mundo.
As muralhas de Elvas e o centro histórico da cidade são Património Mundial da Humanidade, título atribuído pela UNESCO.
Três eventos se destacam na cultura de Elvas: o Festival Internacional de Folclore, o Festival Medieval e as Festas do Senhor Jesus da Piedade.
O Forte de Santa Luzia tem formato de estrela.
Elvas é conhecida como a "Rainha da Fronteira".

Pacotes

Lisboa e Rota do Patrimônio Alentejano

Hotelaria selecionada

SL Hotel Santa Luzia

Conhe�a os destinos