Última atualização: 30/09 | R$ 1,00 = R$ 1 | CAD 1,00 = R$ 4,449 | EUR 1,00 = R$ 6,76 | US$ 1,00 = R$ 5,77

Abreutur - Murcia

Múrcia

Assente no vale do rio Segura e flanqueada ao sul pelas serras Carrascoy e Cresta del Gallo, Múrcia é a capital da comunidade autônoma homônima e uma moderna cidade universitária que preserva vestígios de um passado historicamente rico.
De seu patrimônio histórico-artístico, sem dúvida, o monumento mais emblemático é a Catedral, da qual se destaca a magnífica fachada barroca.
O patrimônio escultórico de Francisco Salzillo, o belo Palácio Episcopal, as igrejas barrocas de San Juan de Dios, San Nicolás e San Miguel e o famoso Casino, de interiores sumptuosos, são outros exemplos do valor monumental de Múrcia.
A Huerta de Murcia é a paisagem mais conhecida da região e seu valor é incalculável, tanto que o Conselho de Homens Bons da Huerta de Murcia está declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, desde 2009.
Múrcia é uma cidade estudantil com duas universidades: a Universidade de Múrcia, pública, e a Universidade Católica de San Antonio, privada.
Culturalmente, Múrcia é conhecida pelo seu folclore e pelas festividades das quais este é característico, como o Festival da Primavera e as procissões da Semana Santa.
Múrcia é uma típica cidade do sul, caraterizada por tradições, festividades, gastronomia e história.
 

Múrcia é uma cidade repleta de história, tradições, festividades, e gastronomia.
Localizada na cidade velha, especificamente na Plaza del Cardenal Belluga, a Catedral é o monumento mais emblemático da cidade de Múrcia e destaca-se pela mistura de estilos arquitetônicos. A fachada barroca, a torre de noventa e dois metros de altura e a Capela dos Vélez, impressionam neste monumento. No interior da Catedral ainda há para ver o Museu de Arte Sacra.
Em frente à Catedral, o Palácio Episcopal. Este palácio de estilo rococó é uma joia arquitetônica da cidade e tem dois edifícios distintos. Revela-se essencial visitar a Capela do Pilar.
O barroco murciano é representado em edifícios religiosos como as igrejas de San Juan de Dios, San Nicolás e San Miguel.
Outro monumento importante de Múrcia é o Mosteiro de Santa Clara La Real, um palácio árabe que guarda no seu interior os restos mortais de al-Qasr al-Sagir.
O famoso Casino Real de Múrcia é uma das principais atrações turísticas com localização no coração da cidade. Com uma fachada neoclássica, este Casino possui um bonito átrio e um magnífico salão de baile estilo Luís XV.
Dentro do conjunto monumental de Múrcia ainda há que destacar o Teatro Romea e as várias pontes que atravessam o rio Segura, como a Ponte Vistabella.
Múrcia tem um grande número de museus, como o de Santa Clara La Real, o de Belas Artes ou o Museu Arqueológico, onde se pode admirar vestígios das diferentes culturas que passaram por este território.
 

Com base na autêntica cozinha mediterrânica, a cozinha de Múrcia é rica em vegetais e frutas da famosa “Huerta” de Múrcia e outros produtos regionais únicos, como o arroz Calasparra, o peixe e o marisco do Mar Menor, que inspiram os pratos típicos de Múrcia.
Caldero del Mar Menor, Zarangollo, Pulpo al Horno, Bacalao con Tomate, Dorada del Mar Menor a la Sal, Cabeza de Cordero al Horno, Michirones, Pisto Murciano, Potaje de Acelgas, Conejo Frito con Tomate, Chuletas de Cordero al Ajo Cabañil e Arroz Murciano são pratos que se destacam no livro de receitas gastronômicas de Múrcia.
O Pastel de Carne Murciano é um dos pratos mais famosos de Múrcia e a Salada Murciana costuma ser o prato principal durante as Festas de Primavera ou da “Feria de Septiembre” de Múrcia.
No que se refere a doces, são especialidades murcianas os Paparajotes, Cordiales, Huesos de Santo, Monas, Suspiros de Almendra e Pastelillos de Cabello de Ángel.Para acompanhar a refeição nada melhor que um vinho produzido na comunidade murciana, que possui três denominações de origem: Jumilla, Yecla e Bullas.

O Conselho de Homens Bons da Huerta de Murcia é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco.
A cidade de Múrcia tem duas universidades: a Universidade de Múrcia (UMU) e a Universidade Católica San Antonio de Múrcia (UCAM).
O dialeto murciano se refere aos dialetos ou variedades lingüísticas do castelhano falado historicamente na região de Múrcia.
A Capela de los Vélez é um monumento nacional desde 1928.
O Palácio Episcopal ocupa um lugar próximo ao que costumava ser o Palacio del Alcázar.
No Palácio Episcopal, Múrcia, são dadas credenciais para o Caminho de Santiago.
A Virgem da Fuensanta é a principal padroeira da cidade de Múrcia.
O teatro Romea foi inaugurado em 1862 pela rainha Isabel II.
O Festival Internacional das Três Culturas de Múrcia foi criado para superar a barreira do racismo e da xenofobia.
A Semana Santa, Festival de Interesse Turístico Internacional, é famosa pelas imagens de Salzillo em suas procissões.
 

Pacotes

Região de Murcia - Costa Cálida

Hotelaria selecionada

Occidental Siete Coronas

Conhe�a os destinos